Reconstruindo Sonhos na Terceira Idade

 
Viver, sorrir, conversar, fazer parte de um grande grupo de amigos e, ainda, se sentirem amados são os sentimentos que fazem parte do grupo da terceira idade da Primeira Igreja Batista no Saci, da cidade de Teresina, no Piauí. A igreja é dirigida pelo pr. Vicente Barbosa. O grupo surgiu em setembro de 2008, sob a coordenação da nutricionista Lívia Borges, com o objetivo de suprir as necessidades dos membros da igreja que já estão nessa fase da vida.
Diversas mudanças ocorrem na terceira idade e para atenuá-las é necessário que todos estejam atentos para a qualidade de vida dos idosos, os mesmos precisam sentir-se ainda produtivos e aceitos na sociedade e sentir-se acolhidos. Para isso o grupo formado por 20 idosos da PIB Saci realizam muitas atividades que contribuem para o sentimento de produtividade, aumentando dessa forma a sua participação na sociedade.
Para o estímulo da criatividade, a arte é uma das principais aliadas nas atividades do grupo. Em muitas reuniões são ensinadas atividades manuais, como caixas de presentes, porta-jóias, além da confecção de blusas em malha, estimulando dessa forma a integração entre eles. "As atividades de arte e lazer propõem a integração e compartilhamento de novas e diferentes vivências, levando o idoso a se desprender um pouco de sua rotina diária enfadonha e que muitas vezes leva à acomodação. Essas vivências proporcionam alto grau de prazer e satisfação pessoal", explica a acadêmica de psicologia Gieselle Moraes, membro da PIB Saci e que contribui com o projeto.
Com o objetivo de desenvolver as atividades, um calendário anual foi formado para que todas as programações sejam realizadas, sendo cada uma delas trabalhada de forma a desenvolver um tema bíblico e sempre colocando a oração como alicerce das atividades. Entre os muitos eventos realizados para desenvolver a interação entre os membros da terceira idade, foi feita a visita a enfermos no maior Hospital de Teresina, o HGV-Hospital Getúlio Vargas. Na oportunidade, o grupo, além de distribuir folhetos e afetos, divulgou o evangelho e conseguiu alcançar vidas para Cristo.
Para estimular o lazer, e com isso aumentar a integração, o melhoramento motor, contribuir para a diminuição de casos de dependência em relação a familiares e reduzir o mau humor, já foram realizadas atividades como pescaria em um sítio às margens do Rio Parnaíba. A pescaria feita foi simbólica. Os frutos do Espírito foram pescados. "Realizamos diversas dinâmicas, brincadeiras, contos, almoçamos juntos e para finalizar comemoramos os aniversários do 1º semestre", explica a coordenadora do projeto, irmã Lívia Borges.
Foram realizadas ainda atividades como um luau, com palestras abordando a ocupação do tempo livre e um jantar para todos os participantes, além de um delicioso piquenique no centro administrativo da capital. "Durante o piquenique tivemos a oportunidade de observar os animais do lago e pedimos para os participantes falarem sobre suas vidas. Finalizamos com um lanche regado com muitos sorrisos", afirma Lívia Borges.
Todas essas atividades propostas e realizadas pelo Grupo da Terceira Idade da PIB Saci são maneiras de obter a diminuição de doenças psicossomáticas, o melhoramento da atenção, a valorização da autoestima, além da estimulação da memória e do raciocínio através dos jogos e brincadeiras. "Com essas atividades o idoso tende a se sentir menos tímido e mais valorizado em um grupo no qual há somente membros de faixa etária igual a sua e que tem como foco primordial o seu bem estar, adquirindo assim uma conduta mais solta, estimulando a vontade de se expressar e interagir com os demais", comenta Gieselle Moraes.
Para uma das participantes do grupo, Cleonice Carvalho, 60 anos, conhecida por suas gargalhadas nos eventos e reuniões, participar desse projeto é uma maneira de manter-se em interação com as demais pessoas de dentro e de fora do seu grupo, além de ser uma forma de estimular a sua participação na sociedade em que está inserida. "Estou muito animada com as reuniões porque saio da rotina, além de ser uma maneira de interagir com outras pessoas", declara Cleonice Carvalho.
Durante todo ano, diversas programações estão agendadas, inclusive uma turma de 10 integrantes do Grupo da Terceira Idade da PIB Saci irá iniciar seu mais novo curso, o de informática.
Os membros da PIB Saci desejam a todos que já estão nessa fase da vida. "Não repreendas asperamente os anciãos, mas admoesta-os como a pais; aos moços como a irmãos" (1Timóteo 5.1).
Por Thalita Mendes
PIB no Saci, Teresina, PI